A Formiga e o Tigre!

Uma formiga muito curiosa adorava descobrir e aprender. Ela sempre queria saber mais sobre o mundo ao seu redor. Ela ouviu falar de uma ilha secreta onde todos os animais viviam pacificamente juntos. Ela sonhava em ir lá e ver como era.

Mas havia um problema. A ilha ficava muito longe, do outro lado do mar. A formiga não sabia como chegar lá. Ela não podia nadar ou voar. Ela não tinha um barco ou asas. Ela não tinha ninguém para ajudá-la. Ela estava completamente sozinha.

Um dia, ela decidiu tentar alcançar a ilha mesmo assim. Ela pegou suas coisas e partiu. Ela caminhou e caminhou até chegar à beira do mar. Ela olhou para a água e viu como brilhava ao sol. Ela também viu como as ondas se moviam e às vezes salpicavam. Ela achou bonito, mas também assustador. Ela não sabia o que havia debaixo d'água. Ela não sabia se sobreviveria.

Ela procurou uma maneira de atravessar o mar. Ela viu um pedaço de madeira flutuando na água. Ela pensou: "Talvez eu possa subir nele e ser levada pela correnteza. Talvez eu chegue à ilha assim." Ela pulou na madeira e se segurou firme. Ela esperava ter sorte.

Mas ela não teve sorte. A madeira não era estável. Ela girava e balançava com as ondas. A formiga ficou tonta e enjoada. Ela também ficou molhada e com frio. Ela tinha medo de cair e se afogar. Ela começou a chorar e gritar por socorro.

Havia um tigre por perto. Ele ouviu os gritos da formiga e foi ver o que estava acontecendo. Ele viu a formiga sentada na madeira e entendeu o que ela estava tentando fazer. Ele achou corajoso, mas também tolo. Ele disse: "Ei, você aí! O que está fazendo? Você não sabe que nunca chegará à ilha desse jeito? Você precisa de um jeito melhor!"

A formiga olhou para o tigre e ficou assustada. Ela pensou que o tigre queria comê-la. Ela disse: "Me deixe em paz! Você é um predador! Você é meu inimigo!" O tigre disse: "Não, eu não sou! Eu sou um amigo! Eu quero te ajudar! Eu sei como você pode chegar à ilha!"

A formiga disse: "Como?" O tigre disse: "Eu tenho um barco. Eu o construí com bambu e corda. Ele é grande e resistente e pode enfrentar as ondas. Ele também tem uma vela e um leme. Ele pode navegar rápido e bem. Eu posso te levar até a ilha, se quiser."

A formiga disse: "Sério? Você tem um barco? Você pode me levar até a ilha?" O tigre disse: "Sim, sério. Eu tenho um barco. Eu posso te levar até a ilha. Mas você precisa me prometer uma coisa. Você precisa me prometer que não terá medo de mim. Você precisa me prometer que confiará em mim. Você precisa me prometer que será meu amigo."

A formiga pensou um pouco. Ela nunca tinha tido um amigo. Ela sempre estava sozinha e sempre tinha que se proteger dos predadores. Ela achava a vida bastante difícil e solitária. Ela disse: "Tudo bem, então. Eu prometo. Eu prometo que não terei medo de você. Eu prometo que confiarei em você. Eu prometo que serei sua amiga."

O tigre disse: "Ótimo. Está combinado. Venha comigo. Eu vou te levar até o meu barco." Ele pulou na água e nadou até a costa. Ele pegou a formiga cuidadosamente em sua boca e a levou até o barco. Ele colocou a formiga no barco e subiu também. Ele disse: "Pronto, chegamos. Este é o meu barco. Ele se chama O Corajoso. Ele é o melhor barco que existe. Ele nos levará até a ilha."

A formiga olhou para o barco e ficou impressionada. Ela viu que o barco era realmente grande e resistente. Ela também viu que o barco tinha uma vela e um leme. Ela achou incrível que o tigre tivesse construído o barco sozinho. Ela disse: "Uau, que barco bonito. Como você fez isso? Como você sabe construir um barco?"

O tigre disse: "Eu aprendi com uma tartaruga sábia. Ela morava em uma caverna perto do mar. Ela sabia muito sobre o mar e o vento. Ela também sabia muito sobre bambu e corda. Ela me ensinou como construir um barco. Ela também me ensinou como navegar um barco. Ela foi minha professora e minha amiga. Mas ela já se foi. Ela morreu de velhice. Eu ainda sinto saudades dela."

A formiga disse: "Ah, que pena. Parece que ela era uma boa professora e uma boa amiga. Fico feliz que ela tenha te ajudado. Também fico feliz que você queira me ajudar. Eu aprecio muito isso. Muito obrigada."

O tigre disse: "De nada. É bom ajudar alguém. Também é bom ter alguém para conversar. Eu também era sozinho. Eu não tinha amigos. Eu também achava a vida difícil e solitária. Mas agora tenho você. Você é minha amiga. E eu sou seu amigo. Somos amigos."

A formiga e o tigre se olharam e sorriram. Eles sentiram um calor no coração. Eles disseram: "Sabe de uma coisa? Temos algo em comum. Temos o mesmo sonho. Sonhamos com a ilha. Sonhamos com uma vida melhor. Sonhamos com paz."

O tigre disse: "Sim, é verdade. Temos algo em comum. Temos o mesmo sonho. Mas sabe de uma coisa? Temos também algo mais em comum. Temos uma chance. Temos uma chance de realizar nosso sonho. Temos uma chance de ir para a ilha. Temos uma chance de encontrar paz."

Eles se cumprimentaram e começaram a rir. Estavam felizes por terem se encontrado.

E assim começou a aventura da formiga e do tigre que foram juntos para a ilha. Eles levantaram a vela e controlaram o barco. Eles navegaram pelo mar e viram muitas coisas bonitas. Eles viram golfinhos e baleias. Eles viram estrelas e arco-íris. Eles viram ilhas e vulcões.

Mas eles também viram muitas coisas perigosas. Eles viram tubarões e piratas. Eles viram tempestades e relâmpagos. Eles viram icebergs e rochas.

Eles enfrentaram muitos desafios. Eles lutaram e fugiram. Eles mergulharam e saltaram. Eles se abrigaram e rezaram.

Mas eles não desistiram. Eles ficaram juntos. Eles ficaram fortes. Eles ficaram corajosos. Eles ficaram amigos.

E depois de muitos dias e muitas noites, finalmente viram a ilha. Era uma ilha linda. Era verde e florida. Estava cheia de animais.

A ilha estava cheia de paz. Não havia ódio nem violência. Havia apenas amor e harmonia. Todos os animais viviam juntos em amizade. Eles compartilhavam tudo uns com os outros. Eles se ajudavam. Eles se respeitavam. Eles eram felizes.

A formiga e o tigre chegaram à ilha e foram calorosamente recebidos. Os outros animais os receberam de braços abertos. Eles parabenizaram os dois pela corajosa jornada. Eles os convidaram para ficar com eles. Eles disseram: "Bem-vindos à ilha. Este é o seu novo lar. Vocês são nossos novos amigos. Estamos felizes por vocês estarem aqui."

A formiga e o tigre ficaram surpresos e emocionados. Eles não esperavam que os outros animais fossem tão simpáticos. Eles não pensaram que seriam aceitos tão rapidamente. Eles disseram: "Muito obrigado. Muito obrigado pela hospitalidade. Muito obrigado pela amizade. Estamos felizes por estar aqui."

Os outros animais mostraram a eles a ilha. Eles mostraram os lugares bonitos. Eles mostraram as frutas gostosas. Eles mostraram os jogos divertidos. Eles mostraram tudo.

A formiga e o tigre aproveitaram tudo. Eles gostaram dos lugares bonitos. Eles gostaram das frutas gostosas. Eles gostaram dos jogos divertidos. Eles gostaram de tudo.

Eles também fizeram muitos novos amigos. Eles se tornaram amigos do elefante e do rato. Eles se tornaram amigos do leão e da zebra. Eles se tornaram amigos do urso e do coelho. Eles se tornaram amigos de todos.

Eles também aprenderam muitas coisas novas. Eles aprenderam sobre a história e a cultura da ilha. Eles aprenderam sobre as plantas e os animais da ilha. Eles aprenderam sobre as leis e as regras da ilha. Eles aprenderam sobre tudo.

Eles nunca esqueceram seu velho amigo. Eles nunca esqueceram a velha tartaruga sábia que ajudou o tigre. Eles a homenagearam com uma estátua e uma história. Eles contaram sua história para todos que quisessem ouvir. Eles disseram: "Esta é a história da velha tartaruga sábia. Ela foi uma professora e uma amiga. Ela nos ensinou a construir um barco. Ela nos ensinou como chegar à ilha. Ela nos ensinou como encontrar paz. Ela foi uma heroína e uma lenda. Somos gratos a ela por tudo."

E assim terminou a história da formiga e do tigre que foram juntos para a ilha. Eles encontraram seu sonho. Eles encontraram sua chance. Eles encontraram sua paz. Eles encontraram sua felicidade. Eles encontraram seus amigos. Eles encontraram seu lar.